website development software

Aprendendo com as tribulações

4 de Fevereiro de 2016 por Edeildo Oliveira

''Confirmando os ânimos dos discípulos, exortando-os a permanecer na fé, pois que por muitas tribulações nos importa entrar no reino de Deus.'' (Atos 14.22)

 

Alguma vez você já perguntou: “Por que minha fé está sendo testada? Por que isso está acontecendo comigo?”

Se você deseja andar corretamente diante do Senhor, certamente vai enfrentar provas. Porque Ele deseja queimar as impurezas de seu coração e moldar você à imagem de seu Filho.

 

Quando um teste é aplicado na escola, a resposta revela o quanto você tinha realmente aprendido. Agora você está também em uma escola, a escola de Cristo. Se você está sendo provado, não fuja do teste. Em vez disso, ajoelhe-se e ore a Deus que você possa moldar-se a Cristo. Ore dizendo: “Jesus, faça-me segundo tua própria imagem. Deixa-me ser teu servo! ”

 

Antes é importante dizer que, há cristãos que sofrem por sua própria escolha, não por iniciativa do Senhor. O pecado e as decisões erradas são as causas mais comuns desse sofrimento. Se este é o seu caso, arrependa-se e volte-se para Deus e ele cessará a tormenta.

Talvez seu sofrimento venha de decisões erradas. Se você percebeu que chegou ao seu limite, busque ao Senhor, arrependido e com fé.

 Removendo isso, há quatros testes que Deus aplica na purificação de seus filhos.

 

Você é testado através aflições e privações. 

O apóstolo Pedro disse: 

“Amados, não estranheis o fogo ardente que surge no meio de vós, destinado a provar-vos, como se alguma cousa extraordinária vos estivesse acontecendo; pelo contrário, alegrai-vos na medida em que sois co-participantes dos sofrimentos de Cristo, para que também na revelação de sua glória vos alegreis exultando. Nisso exultais, embora, no presente, por breve tempo, se necessário, sejais contristados por várias provações, para que o valor da vossa fé, uma vez confirmado, muito mais precioso do que o ouro perecível, mesmo apurado por fogo, redunde em louvor, glória e honra na revelação de Jesus Cristo” (1 Pe 4.12,13; 1.6,7).

 

Você é testado quando demora a resposta de sua oração.

Muitos de nós oram como Davi: “ ...no dia em que eu clamar, dá-te pressa em acudir-me” (SI 102.2); “... estou atribulado: responde-me depressa” (SI 69.17).

 

Deus não tem pressa, nem se guia pela nossa ansiedade. Em determinados momentos chegamos a duvidar que Ele ainda nos responderá. Por que, Deus parece demorar em responder orações sinceras?

“Disse-lhes Jesus uma parábola, sobre o dever de orar sempre e nunca esmorecer” (Lc 18.1).

 

A resposta é: Deus nem sempre edifica sua fé respondendo você: Ele faz através da demora! A espera é a etapa mais difícil no exercício da fé. E quando desistimos, nos entregamos à providência divina: “Senhor, faça o que achares melhor”

 

Você é testado através de suas falhas.

As Escrituras advertem:

“Longe de vós toda a amargura, e cólera, e ira, e gritaria, e blasfêmias, e bem assim toda a malícia” (Ef 4.31).

Você será provocado várias vezes, até que o pecado seja exposto e retirado pelo Espírito Santo. Você pode reagir: “Sou apenas humano. Quanto mais poderei suportar?” A provocação simplesmente mostra a necessidade de libertação em alguma área de sua vida. Deus continuará lhe testando até que reconheça: “Tenho um pecado em mim, e ele precisa sair!”

 

Você é testado pela solidão.

- Algumas vezes temos de encarar o silêncio divino. Há períodos que nos sentimos completamente desorientado. Não há amigos por perto, para nos aconselhar. A solidão chega quando Deus parece ter escondido a sua face, e seus amigos não entendem o que se passa com você. 

 

Mas, esconderia Deus a sua face daqueles a quem ama? A Bíblia confirma: “... Deus o desamparou [Ezequias], para prová-lo e fazê-lo conhecer tudo o que lhe estava no coração” (2 Cr 32.31).

Você pode estar atravessando provações, e não consegue rir ou se alegrar, porque há apenas inquietação na alma. 

Porém, creia! Deus está com você: Você ainda ouvirá a voz de Deus dizendo: “Confie a mim, não entre em pânico; mantenha simplesmente os olhos em mim, Eu estou com você”. 

 

“Antes de ser afligido andava errado, mas agora guardo a tua palavra” (SI 119.67). 


Pr. Edeildo Oliveira

FACEBOOK COMMENTS WILL BE SHOWN ONLY WHEN YOUR SITE IS ONLINE

Goustou? então compartilhe!

Registre-se

Receba aviso de novas mensagens no seu e-mail.